5 on 5 – Maio

E o 5 on 5 abril? Se alguém sentiu falta peço desculpas porque a correria tá grande, mas enfim.

Fiz um Instagram! E agora o 5 0n 5 daqui estará diretamente ligado com ele, me siga clicando aqui.

 

  • Mundial de MotoGP.

IMG_20130421_181714

Meu pai adora motos, eu até gosto mas de leve. Fomos no mundial de motovelocidade 1000 cc em Interlagos, essa curva é a primeira do “S” de “Senna” logo após a reta principal.

 

  • Relógio de bolso

IMG_20130418_192730

Os hipster pira com um desse! Já falei mais sobre ele esse nesse post.

 

  • Thundercat

IMG_20130414_124302

Muito bom esse grafite do Lion!

 

  • Feriado

IMG_20130501_192359

No shopping de São Caetano tem esse painel que informa quantas vagas tem disponível (jura?), e pelo jeito a cidade toda tava lá no feriado de 1º de maio.

 

  • Trabalhador

IMG_20130501_105056

Falando em 1º de maio, agora sou trabalhador!

 

Todas as fotos desse mês foram feitas com meu celular novo, gostei bastante da qualidade, e vocês? Gostaram do post? Já visitaram o 5 on 5 da Camilla do Distância Certa?

 

Anúncios

Volta ao mundo em 80 dias

Imagem

Por acaso fui na banca e vi uma coleção de relógios de bolso históricos, o primeiro era do Otto Bismarck e não me interessou, mas quando vi o segundo com as iniciais JV eu tive que comprar.

Júlio Verne é um escritor francês de ficção-científica, li alguns livros dele quando criança como “20.000 léguas submarinas” e, claro, “Volta ao mundo em 80 dias”.

Apesar de “20.000 léguas” ser o meu preferido, “Volta ao mundo” me influenciou demais. O personagem principal é Phileas Fogg, um inglês-perfeito do século XIX; metódico, calculista e frio, características de vilão, mas é um mocinho.

Nem lembro de detalhes da história, mas tem uma curiosidade que eu nunca esqueci, Fogg sabia quantos passos ele dava da sua casa até o Clube Reformador que frequentava; e isso é algo que é muito minha cara, apesar de nunca ter contado passos à lugar nenhum. Percebo que isso só é a minha cara hoje, porque foi algo que li quando pequeno.

Além disso, eu gosto de relógios de bolso. Já tive um quando tinha uns 8 anos, não sei ao certo se foi quando li esse livro (que é muito provável), mas era incomum uma criança do século XXI com um relógio de bolso.

O que eu mais gostei é que esse relógio além de ter as iniciais JV é um modelo do Fogg, que usa o tempo todo pra não perder a hora ao redor do mundo e concluir a volta nos 80 dias. É o único dessa coleção que tem contador de segundos, que representa a pontualidade britânica.