Jon Jones foi finalizado!

Jon Jones foi finalizado, só que não numa luta.

O impressionante campeão segue dono do cinturão dos meio-pesados e não deve encontrar muita dificuldade para vencer Chael Sonnen no dia 27 de abril no UFC 159. Quem tá acompanhando o mundo do mma sabe que tá rolando o TUF 17 e dois são os técnicos das equipes nessa edição.

Eis que em uns dos treino numa brincadeira de academia Jones queda Adam Cella e cai numa guilhotina bem encaixada, em pouco segundos resolveu bater. Vejam o vídeo:

Tenho algo em comum com Jon Jones, um jeito meio despojado e sorridente durante os treinos e até mesmo no dia-a-dia, mas quando vamos lutar o tempo fecha e não há nada que nos faça esboçar nem um leve sorrisinho, só quando temos a mão levantada após a vitória.

Só não entendi qual foi a o campeão, 1º aparece todo humilde dizendo: “What can I say? He won” (O que posso dizer? Ele venceu.) e depois cheio de marra diz: “Nobody submits me, nobody. I got out out for you, got out for you.” (Ninguém me finaliza, ninguém. Eu aliviei pra você).

Qualé campeão? Aliviou? Got out for him? Qual o problema de bater em um treino? Fica feio pra sua imagem? O Anderson Silva é finalizado várias vezes pelo Minotauro, pelo Lyoto e pelos seus sparrings antes de ir para uma luta.

Esse Adam Cella vive seus momentos de glória depois desse vídeo, mas foi personagem secundário no ínico de TUF após o nocaute (digo: patada) mais comentado nos últimos tempos. Veja essa “calcanharzada” rodada que tomou do Uriah Hall:

 

Esse abril de 2013 vai ser agitado no UFC, eventos todo sábado!

Jon Jones vs Vitor Belfort

Quem é Jon “Bones” Jones? Provavelmente o melhor lutador de MMA de todos os tempos, Fedor e Anderson Silva são lendas, mas Jones só tem 25 anos e pelo menos mais uma década pra escrever seu legado.

O UFC 152 ficou marcado pelo cancelamento do UFC 151 e toda a história que citei no post anterior, e por esse ótimo duelo de gerações e fenômenos.

Vitor lutou muito bem, fez exatamente o que eu achava que ele não deveria fazer: ficar por baixo de Jones. Mas ele tava confortável, sabia o que tava fazendo e já no 1º round o Jiu-Jitsu parecia ser o modo que o campeão seria derrotado.

Eu gritei tanto quando o Belfort pegou o braço dele no arm-lock, tava justo e bem encaixado, mas após a luta Jones revelou que não ia bater, só sairia de braço quebrado. Faltou muito pouco pra quebrar, o Vitor revelou ter ouvido um estralo e Jon apareceu de tipoia na pós-coletiva.

Essa foto vai ser eternizada, como aquela do Shogun voando pra cima do Arona no Pride:

Belfort tinha que explodir, tinha que entrar a mão e ouvir o corner gritando: “NÃO QUERO QUE PUXE PRA GUARDA! CADÊ A ESQUERDA?”, mas ele não conseguiu achar a distância devida a envergadura monstra (2,15m) do americano. Jones manteve facilmente a distância, principalmente com chute.

Num dos vídeos pra divulgar a luta Jon disse que Vitor já tinha lutado com lutadores bons em várias artes, mas nunca tinha pego um tão completo quanto ele. Estava certo.

Um campeão que veio do wrestling, tem vários kos e tkos, mas nas suas 4 defesas de cinturão finalizou 3 e aposto que ele nem treina de kimono!

Como será a carreira de cada um agora? Eu torço pro Vitor ficar nos 93kgs, me pareceu bem mais preparado e forte do que quando luta nos médios, e teria muita luta boa pra gente assistir.

E Jon? Falou de subir de peso em 2013, dizem que lá sim ele seria testado, já que a LHW um dia foi a categoria mais agitada e ele limpou ela. Até os 93kgs não tem ninguém que vença ele, isso inclui Anderson Silva, mas até 120kgs nomes como Cigano e Overeem me veem à cabeça.

Por fim:

Valeu Vitor Belfort, lutou muito bem; quase finalizou e honrou o desafio. Independente do resultado o Brasil já estava orgulhoso.

Foto da finalização (americana):

PS: “Lucas Santana vs Vitor Belfort”, só aconteceria se ele descesse pros 77kgs =D