Faroeste Caboclo (Post de despedida)

AAAAAAAAAAAAhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

É você leu isso mesmo no título querido leitor, esse é o post de despedida.

Esses dias o blog fez 3 anos de vida existência e tenho um carinho óun por cada post que escrevi. Criei o Quarto do Lucas porque sentia na época uma necessidade de falar, de compartilhar, de escrever, de opinar. Hoje eu acho que a internet está se tornando cada dia mais chata. Tudo é ofensivo, tudo é mimimi. Do jeito que as coisas tão alguém se ofenderá com esse parágrafo.

Também tenho postado com uma frequência baixíssima, confesso pra vocês que tempo livre até tenho viu? Mas falta a vontade de postar que era grande no início.

Revendo os posts me divirto novamente, como no momento em que os escrevi; não vou apagar o blog. O Quarto do Lucas continuará no ar, este post é mais como um ponto final porque não gosto de deixar nada inacabado. É chato entrar num blog com uma postagem bem antiga e aquela sensação de abandonado.

Nesses 3 anos foram impressionantes 12.024 visualizações (nº que nunca imaginei), 108 curtidas na página do Face, 1500 e poucos seguidores no twitter, bastante horas “editando o conteúdo”, muitos amigos, muitas risadas, 0 reais.

Parando um pouco pra pensar muita coisa mudou nesse meio tempo já outras permanecem exatamente a mesma #filosofando.

Como eu sou bonzinho não vou deixar só esse textão de despedida! Tem conteúdo pra vocês!

Há alguns anos assisti um vídeo no youtube sensacional que era a famosa música Faroeste Caboclo – Legião Urbana contada através de imagens de um modo bem humorado. O tempo passou, o iutubiu mudou e nunca mais achei aquele vídeo, provável que tenha sido excluído.

Eu como adoro essa música (já leu esse post?) resolvi fazer uma nova versão! Usando toda as minhas habilidades (e criativade) no Movie Maker entrego-lhes esse vídeo:

Claro que sou suspeito pra falar mas gostei muito do resultado! =D

É isso pessoal, obrigado pelos acessos e comentários. Um abraço pro manos e um beijo pras minas!

A gente se vê por aê 😉

OLHAAAAAAAA

 

 

Gugu está de volta (igual à esse blog e o Anderson Silva)!

Não que a gente tivesse dando falta maaaaaaas desde que ele saiu do SBT em 2009 ficou um tempo sumido, ele é bem ativo no Instagram até… Eu não sigo, me disseram…

Eis que então essa semana Augusto Liberato volta com um programa noturno na rede Record naqueles programas que a gente não sabe definir direito qual tipo que é. Tem entrevista com assassina, tem detetive de animal, tem acompanhante de luxo dançando atrás e, não podia faltar, um pintinho amarelinho que fica ali pelo cenário.

O Não Salvo fez um post mostrando em detalhes tudo o que aconteceu nesse primeiro programa: 6 momentos desnecessários que fazem o programa do Gugu muito promissor.

Fazer programa ao vivo é bem difícil e acontece essas coisas mesmo HAHAHAHAHAHAHA não deveria. Quem não se lembra do épico vídeo da Ticiane linda Pinheiro fazendo o Quadradinho de 8?

 

Foi então amigo que lembrei de um CLÁSSICO da tv brasileira/Gugu/Ao vivo que foi quando o grande ator e lutador Jean Claude Van Damme veio para o Brasil! Assista ao vídeo antes de continuar lendo o post, juro que vale a pena! =D

 

Van Damme tava em São Paulo em 2001 pra divulgar o filme Replicante, porém telão atrás só ficou mostrando cenas de O Grande Dragão Branco (WAR Frank Dux!). Daí papo-vai, papo-vem aparece a Gretchen pra fazer o que ela sabe de melhor, depois de se casar né.

No começo o Van Damme tá meio sem graça, sem entender direito o que tá acontecendo. Daí rola uma dança do maxixe, o belga fica animado e acorda o menino! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

O que mais gosto nesse vídeo é o Gugu como ótimo anfitrião não perde a chance de constranger seu convidado, ele aponta e fala QUE QUIÉ ISSOOOOOOOO? HAHAHAHAHAHAHAHAHAH Complica o cara de vez!

Detalhe pro final que aparece o Batoré(?) fazendo um piada tosca e dão um copo d’água pro Jean, porque copo d’água acalma né?

É por esses e outros motivos que eu gosto de assistir televisão =)

 

Curta: Quarto Do Lucas

Volta ao mundo em 80 dias

Imagem

Por acaso fui na banca e vi uma coleção de relógios de bolso históricos, o primeiro era do Otto Bismarck e não me interessou, mas quando vi o segundo com as iniciais JV eu tive que comprar.

Júlio Verne é um escritor francês de ficção-científica, li alguns livros dele quando criança como “20.000 léguas submarinas” e, claro, “Volta ao mundo em 80 dias”.

Apesar de “20.000 léguas” ser o meu preferido, “Volta ao mundo” me influenciou demais. O personagem principal é Phileas Fogg, um inglês-perfeito do século XIX; metódico, calculista e frio, características de vilão, mas é um mocinho.

Nem lembro de detalhes da história, mas tem uma curiosidade que eu nunca esqueci, Fogg sabia quantos passos ele dava da sua casa até o Clube Reformador que frequentava; e isso é algo que é muito minha cara, apesar de nunca ter contado passos à lugar nenhum. Percebo que isso só é a minha cara hoje, porque foi algo que li quando pequeno.

Além disso, eu gosto de relógios de bolso. Já tive um quando tinha uns 8 anos, não sei ao certo se foi quando li esse livro (que é muito provável), mas era incomum uma criança do século XXI com um relógio de bolso.

O que eu mais gostei é que esse relógio além de ter as iniciais JV é um modelo do Fogg, que usa o tempo todo pra não perder a hora ao redor do mundo e concluir a volta nos 80 dias. É o único dessa coleção que tem contador de segundos, que representa a pontualidade britânica.

Enfim, criei um Blog.

Imagem

Há tempos eu queria criar um blog, um lugar pra escrever sobre tudo o que gosto e penso; que fique arquivado pra quando eu quiser re-ler e público pra que outras pessoas também possam comentar.

Demorei pra escolher qual plataforma seria meu blog, esse wordpress me pareceu interessante. Tentei usar o tumblr mas lá é mais voltado para imagens, blogspot não me agradou… Cheguei a escrever textos e “publicar” no facebook, mas ficar se expondo na timeline dos outros é chato. Pelo menos aqui virá quem estiver interessado.

Meu nome é Lucas, tenho 20 anos. Estudo engenharia civil, fui durante um tempo skatista e hoje treino muay thai e sou fã de mma; e tudo isso será assunto para outros posts.

Nesse blog falarei de tudo: eventos do UFC, cinema, tecnologia, música e mais aquilo que me der vontade; por isso não vai dar pra dizer que terá um tema.

O nome “Quarto do Lucas” vem da ideia que o meu quarto é um do lugares que eu mais gosto de ficar, onde falo de tudo e é tipo meu mundo particular, assim como essa do blog.

Este foi o post inicial pra me apresentar e dizer qual vai ser. Divirtam-se! =)