May the 4th be with you

 

 

Eu não acredito que nesses mais de 2 anos de blog eu nunca postei nada sobre a melhor saga de cinema de todos os tempos.

may-the-fourth-4th-be-with-you-memes-gifs-star-wars-day-18

Nada melhor do que a data de hoje, o Star Wars Day, pra falarmos sobre o assunto. Por que #StarWarsDay? 4 de maio em inglês é “may the fourth” que sonoramente é igual a “MAY THE FORCE be with you”, cumprimento Jedi.

2015 é especial, em dezembro tem “Star Wars: O Despertar da Força”, que eu somente a pouco percebi que não estão chamando de Episódio VII.

Já foram lançados dois trailers e se você ainda não viu (!), ou você não tem acesso à internet ou talvez nunca tenha visto nenhum dos 6 filmes mesmo e não se importou FRIENDSHIP OVER.

 

Trailer 1:

Lançado em novembro de 2014 está com quase 18 milhões de visualizações, pouco se comparado ao segundo. Não mostrou muita coisa, não sabemos quem está narrando, mas nos apresentou ao novo dróide queridinho BB-8 Jabulani e o sabre de luz sith espada medieval (sei lá como estão chamando). E claro, a Millenium Falcon numa cena impressionante!

 

BB-8 funcionando DE VERDADE na celebration de Anaheim:

 

Trailer 2:

50 milhões de views em 2 semanas. Esse trailer é bom demais! Mostrou bem mais que o primeiro porém ainda não sabemos direito o que esperar do enredo. Pelo menos JJ Abrams nos deu segurança e esperança de um filme muito bem feito.

 

 

Agora os mais legal que vi são dois vídeos mostrando uma reação ao assistir esse trailer:

Reação do Matthew Mcconaughey (cena de Interstellar):

 

Reação do Joe Rogan e Mike Goldberg (narradores do UFC):

 

 

Eu to bem ansioso pra esse novo filme, não vejo a hora de assistir os outros 6 episódios em Blu Ray novamente.

 

Anúncios

Pré-estreia “Faroeste Caboclo – O Filme”

Pouco mais de um mês atrás publiquei o post: “Faroeste Caboclo – O Filme” e fiquei esperando a estreia dia 30 de maio, aqui estamos em 21 dia e eu, junto com minha irmãzinha, já assistimos ao filme como convidados na pré-estreia =).

???????????????????????????????

Ganhei uma promoção-relâmpago na fan-page oficial do filme respondendo a seguinte pergunta:

POR QUE VOCÊ MERECE ASSISTIR A PRÉ-ESTREIA DE FAROESTE CABOCLO?

Amanhã às 20h30 no cinema em frente ao lote 14, é pra lá que eu vou. E você escolher a sua frase que eu acabo mesmo com você seu porco traidor, também vou ver Maria Lúcia aquela menina linda que ganhou o meu amor.

923028_533180006746779_1659921142_n    DSC09928

O filme é SEN-SA-CI-O-NAL!

Não quis criar expectativas, mas esse filme vai além de qualquer expectativa. Assim como a música, percebe-se várias partes, a infância sofrida não é toda contada logo no início, há alguns flash-backs.

João chega à Brasília e logo se envolve com o tráfico, mas quando conhece um menina e se arrepende de todos seus pecados o filme ganha um clima mais leve, tem um cena engraçada da Maria Lúcia ensinando ele à dirigir.

Depois o clima fica tenso e isso é muito bem passado ao espectador, aquela tensão típica de faroestes.

A atuação de Fabrício Boliveira como “João de Santo Cristo” é digna de se aplaudir em pé. Exagero? Assista ao filme pra você ver.

Da metade pro final ele tem poucas falas, mas o olhar dele passa um ódio de toda a vida sofrida que teve, o cara é muito bom mesmo.

Isis Valverde simplesmente linda, representou bem a patricinha/maconheira; e Felipe Abib como Jeremias então? Demais.

 

Antes da sessão o elenco apareceu na sala pra conversar um pouco com a gente:

DSC09912

DSC09919

Isis sua linda!

DSC09923

René Sampaio comentando.

DSC09934

Antonio Calloni, ficou tremida mas tá valendo.

 

Claro que não segue a música ao pé-da-letra, algumas adaptações foram bem feitas e particularidades só do filme, como uma flor de madeira que João dá para Maria quando ainda era aprendiz de carpinteiro, são bem legais.

Pra quem tem a música de cor identifica quase todos os versos, na realidade a única expectativa que eu tava era com a cena final:

E Santo Cristo com a Winchester 22
Deu cinco tiros no bandido traidor
Maria Lúcia se arrependeu depois
E morreu junto com João, seu protetor.

Épica. Aposto que todos como eu contaram os cinco tiros em Jeremias. 

Depois da sessão tive a oportunidade de conhecer e parabenizar o diretor René Sampaio pelo excelente trabalho, super simpático, revelei para ele que sou muito fã de Legião Urbana e ele me peguntou: “De verdade, como fã, teve alguma coisa no filme que você não gostou?”

Respondi que senti falta da cena do verso: – “O tempo passa e um dia vem a porta um senhor de alta classe com dinheiro na mão, e ele faz um proposta indecorosa e disse espero uma resposta, uma resposta de João”.

Revelação em primeira mão somente aqui no Blog Quarto do Lucas! René me confessou que essa cena foi gravada mas não foi colocada na edição final por ficar um pouco fora de contexto, e que estará nos bônus do dvd. Esse dvd certamente estará na minha coleção.

DSC09937

René Sampaio – Diretor.

Também parabenizei Antônio Calloni, mas gostei muito mesmo de poder cumprimentar o Fabrício Boliveira, não podia deixar de comentar com o próprio o ódio no olhar que ele nos passou.

Infelizmente só não vi a Isis =(.

891882_514415198623260_428587134_o

Com certeza verei de novo quando estrear dia 30/05, pra mim é o melhor filme nacional já feito ao lado de Tropa de Elite 2.

Ainda não viu o trailer?

Obrigado por ter lido e até a próxima.

Faroeste Caboclo – O filme

“Não tinha medo o tal João de Santo Cristo…”

891882_514415198623260_428587134_o

Legião Urbana foi a melhor banda nacional que já existiu, não tem como escolher a melhor música, porém gosto um pouco mais de Faroeste Caboclo porque foi por ela que ouvi Renato Russo pela primeira vez.

A famosa música de quase 10 min (sem repetir um verso) sempre teve esse clima: “Pô, imagina um filme dela…”; e em 2005 surgiram os primeiros boatos que fariam um filme, lembro de participar de uma comunidade no Orkut em 2007 que discutia isso e até diziam que a Maria Lúcia seria a Débora Secco.

Finalmente saiu o trailer oficial, já viram?

Promete ser um bom filme, mas acho que no fundo não queria um filme. Pra mim já existe um filme “Faroeste Caboclo” e ele passa toda vez na minha cabeça toda vez que ouço esse música, como a letra não caracteriza fisicamente bem os personagens, João de Santo Cristo pra mim é um mulato, Jeremias é um malandro/noia e Maria Lúcia simplesmente uma menina linda. Sempre imaginei Maria Lúcia como uma morena de olhos verdes, não sei porque; e não tinha nada a ver com a Isis Valverde, que também é linda.

Bom como todo mundo conhece a música, não existe spoiler. A cena mais aguardada é o duelo final às duas horas na Ceilândia em frente ao lote 14, quando João de Santo Cristo dá cinco tiros no bandido traidor com a Winchester 22 e morre.

Estreia 30 de maio.

João e Maria: Caçadores de bruxas

No primeiro post desse blog disse que falaria sobre cinema, quase 30 posts depois percebi que nunca falei sobre o assunto.

Foi então que assisti um filme que me fez vontade de falar sobre ele, daqueles que você fala para todos os seus amigos irem assistir porque é bom! João e Maria: Caçadores de Bruxas.

hansel_e_gretel_caçadores_de_bruxas

Todo mundo conhece a história: casa de doces, casal de irmãos, bruxa má… Mas longe de ser um filme infantil, esse filme tem um clima sombrio com uma fotografia escura, e uma história clichê só que com cenas de ação muito bem feitas com efeitos especiais.

João e Maria (Hansel e Gretel em “inglês”) ficam orfãos cedo e passam a vida caçando e matando bruxas, até encontrarem um bruxa poderosa que realmente os ameaça. João é o Gavião Arqueiro dos Vingadores e Maria é a princesa Tanina de Prince of Persia, também fez um filme do James Bond; a bruxa ferradona é a Jean Grey de X-men.

Joao-e-Maria-banner

 

Há uma cena do filme, antes do grande ataque às bruxas que João diz o seguinte: “At my signal, unleash hell”, traduzindo: “Ao meu sinal, mostrem o inferno”. Qualquer cinéfilo reconhece, não sou cinéfilo mas essa frase é do meu filme preferido: Gladiador. Já vi ela em mais um filme e é legal ver como ficou marcado pra cenas pré-batalhas.

Senti uma semelhança com Van Helsing e gostei do modo como foram caracterizadas as bruxas. Mas o que mais gostei mesmo foi o amor e a fraternidade dos irmãos.

Quem me conhece sabe como sou amigo e unido com minha irmã, várias vezes citei ela aqui no blog. Assistir esse filme com ela fez com que a gente se identificasse muito com João e Maria! Nós somos exatamente como eles, só que sem caçar bruxas…

 

Até a próxima.